quem somos sede história da associação como participar contribuições diretoria e voluntários uso da marca adj   
   
 
 
INFORMAÇÕES FONE:
(11) 3675-3266
0800-100627
Rua Padre Antonio Tomas,
213 - Água Branca
São Paulo - SP
 
Uso da Marca ADJ
Home
ADJ Brasil Associações Filiadas
Agenda
Associações
Atividades Educativas
Atividade Física
Blog ADJ
Código de Ética ADJ
Congresso
Conheça a IDF
Convênios
Crianças e Jovens na Escola
Dia Mundial
Diabetes Mellitus
DOAÇÕES
Enfermagem
Espaço Cidadania
Fale Conosco
Fotos
Galeria de Vídeos
Grife ADJ
Grupo de Mães e Amigos
Links Úteis
Missão da ADJ
Nutrição
Odontologia
Parceiros
Podologia
Profissionais
Psicologia
Publicações
Rnpd
Receitas
Saiba Mais
Sala de Imprensa
Serviços
Voluntários
ADJJUR Seus Direitos
Revista Virtual

NEWSLETTER
Digite abaixo seu nome e e-mail para receber nossa newsletter com novidades e artigos.
Seu nome:
Seu E-mail:
 
Tamanho da letra
 
O que é Hipoglicemia

A hipoglicemia ocorre quando o nível de glicose no sangue está abaixo da faixa considerada normal (60mg/dl), algo que acontece com muitas pessoas que têm diabetes.

 

Existem hipoglicemias de tipo leve, moderada e grave - até atingir o coma glicêmico, se não tratada a tempo.

 

Entre as causas mais comuns:
uso errado de insulina
atraso no horário das refeições
falta de monitorização glicêmica, especialmente durante atividades físicas


Os sintomas em geral incluem:
tontura
tremores
suores frios
fome
sonolência
confusão mental
irritabilidade
agressividade ou lentidão
palpitação
dificuldade de raciocínio

 

Como evitar crises
.Manter a rotina de monitorar a glicemia. Inclusive antes, durante e após a prática de exercícios físicos.

.Carregar na bolsa ou na pasta uma fonte de carboidratos de fácil absorção, como balas de glicose ou sachês de mel, para o caso do início de uma crise.

.Fazer as refeições nos horários corretos – sem atrasos – é uma medida cotidiana que pode evitar muitas crises.

 

Administrando uma crise de hipoglicemia

Se a crise já estiver instalada, existem algumas medidas importantes a serem tomadas.

 

Com o paciente consciente (acordado): Deve-se fazer uma reposição de carboidratos através da ingestão de alimentos de rápida absorção. Podem bastar 5 ou 6 balas, alguns sachês de mel, 150ml de suco de laranja, um copo de refrigerante não dietético. Alimentos gordurosos como chocolates demoram mais para elevar o nível de glicemia. A taxa glicêmica deve ser medida novamente após 10 minutos. Se continuar baixa, o paciente deve ingerir novamente os alimentos.

 

Com o paciente desacordado: Realiza-se a aplicação de hormônio glucagon via subcutânea, conforme orientação médica. Recomenda-se levar o paciente ao pronto-socorro, para aplicação de glicose endovenosa.

 

 
 
   
 
Seu nome:
E-mail do seu amigo(a):
 
 

Institucional

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Apoiadores

 
 
 
 
 
 
Medtronic Brasil
 

Parceiros

 
 
 
 
 
 


Desenvolvido por
Bweb Brasil